quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Novo filme de Audiard tem Marion Cotillard, drama e dor

Quando vi entre os concorrentes do Festival de Cannes deste ano o novo filme de Jacques Audiard - do maravilhoso O profeta - De rouille et d´os (Ferrugem e osso), pensei com meus botões cinematográficos que seria um dos filmes que eu mais teria vontade de ver, juntamente com os novos Haneke e Kim Ki Duk. Divulgado o trailer oficial do filme, percebe-se que deve ser uma obra prima - justificando os elogios em Cannes - visceral e emocionante. Ao contrário dos trailers americanos que contam o filme inteiro, aqui só se vê o clima do filme e um fiapo de história, toda em torno de dor e superação (temas presentes em O profeta). Marion Cotillard parece dar outro show de interpretação (ganhou o Oscar por Piaf) e o astro em ascensão Mathias Schoenmerts (do filme belga Bullhead, que concorreu ao Oscar de filme estrangeiro e que dizem ser excelente) também aparenta estar muito bem (ambos eram cotados para os prêmios de interpretação em Cannes). Em suma, mais um filme a se esperar, embora conformado que se ele for exibido nos cinemas de Natal será por poucos dias e em horários improvãveis.

2 comentários:

  1. Sim, amigo. O profeta é excelente. E se este Ferrugem e Osso for bom como parece o trailer, consolida Audiard como o nome em ascensão do novo cinema francês.

    ResponderExcluir